Avançar para o conteúdo

Quando a televisão foi criada?

quando a televisão foi criada

Conheça o inventor da televisão

A televisão é um dos principais meios de comunicação da história. Foram muitas transformações e chegam a quase todos os lares dos mais variados cantos do planeta. Confira agora um pouco mais dessa história, desde quando a televisão foi criada.

Projetos grandiosos e complexos sempre costumam gerar polêmicas sobre quem foi realmente o inventor. Se é quem começa a desenvolver a ideia, quem apresentar algo semelhante, mas limitado ou se quem traz o serviço todo completo.

Esta situação acontece na disputa de quem inventou o avião, se Santos Dumont e dos Irmãos Wright.

Na história de quando a televisão foi criada isso também acontece, mas um nome se destaca no meio de tantos.

 

Quem foi o inventor da televisão?

O grande inventor da televisão foi Philo Farnsworth. Ele apresenta o primeiro protótipo de uma em 1922, conseguindo a patente do aparelho.

Porém, esta história é bem mais longa e não para por aqui.

 

A trajetória de Philo Farnsworth

Nascido em 1906, Farnsworth entrou como aluno especial na Brigham Young University mesmo ainda cursando o ensino regular na escola. Porém, a morte do pai teve que abandonar a faculdade e trabalhar para sustentar a família.

A partir daí passou a focar em um projeto pessoal, o de criar um aparelho de televisão. Ele enxergava nisso uma possibilidade de conseguir dinheiro.

Aos poucos obteve avanços e em setembro de 1928 apresentou um modelo para a imprensa, com o objetivo de atrair patrocinadores para o projeto.

De imediato, Farnsworth recebeu ofertas para vender a tecnologia, como a de Vladimir Zworykin, que ofereceu US$ 100 mil pela patente.

No entanto, ele seguiu com os planos de fazer o projeto sem ter que entregar a outra pessoa e em 1937 criou a empresa Farnsworth Television. Conseguiu parcerias com outras empresas de tecnologias e começou a fabricar rádios.

A derrocada da Farnsworth Television

Anos depois de quando a televisão foi criada, em 1949, a Farnsworth Television começou a passar por problemas financeiras e foi vendida para a International Telephone and Telegraph (IT&T), mudando de nome para Capehart-Farnsworth. A empresa seguiu produzindo televisões até 1965.

Outros possíveis inventores da televisão

A busca por criar um aparelho televisor era antiga e se tem relatos desde o século XIX. Por isso muitos cientistas estudavam esta possibilidade e também apresentaram ideias disso.

Um dos nomes apontados como possível inventor é o de Boris Rosing. Trata-se de um cientista russo que 16 anos antes de Farnsworth já havia feito experimentos de transmissão de imagens.

John Logie Baird e Charles Francis Jenkins também são dois inventores que poderiam receber esse crédito. Isso porque o começo da década de 20 eles também apresentaram um sistema que encenava imagens com um disco rotativo.

Baird apresentou o projeto na Inglaterra, enquanto Jenkins o mostrou nos Estados Unidos. Tudo no período que a televisão foi criada por Farnsworth.

Foram ideias que seguiram adiante e até foram comercializadas. No entanto, com características diferentes da invenção de Farnsworth.

Isso porque foi a televisão de Farnsworth que digitalizou imagens com um feixe de elétrons, o principal modelo dos primeiros televisores e que duraram décadas.

As primeiras transmissões

O principal motivo para John Logie Baird também ser considerado um nome importante é porque a questão não é apenas quando a televisão foi criada, mas também quando foi apresentada a primeira em funcionamento.

Esta segunda parte foi um feito exatamente do escocês. Ele havia apresentado um modelo mais arcaico em 1923, mas foi em 26 de janeiro de 1926 que ele fez uma demonstração pública mundial de transmissões de imagens. Foi uma apresentação para 50 cientistas da Academia Britânica.

Nesta época a transmissão da televisão necessitava de dois transmissores. Um para a imagem e um segundo para o som. Seria somente em 1930 que surgiu um aparelho apenas com os dois recursos.

Na ocasião, Baird apresentou uma peça “o homem com uma flor na boca”, para o público assistir.

A partir de 1931 passou a ser realizadas transmissões televisas ao vivo, através da BBC, que tinha uma programação de duas horas diárias. Uma das mais marcantes foi a transmissão da coroação do Rei George VI, em 12 de maio de 1937.

Em 1938 estas transmissões foram interrompidas por conta do começo da 2ª Guerra Mundial e só retornaram em 1946.

Quando a televisão foi criada no Brasil

Você já conferiu quando a televisão foi criada, mas a distribuição pelo Mundo ainda demorou mais um pouco.

A televisão chega no Brasil na virada das décadas de 30 e 40, através das Feiras de Amostras. Porém, seria somente a partir de 1946 que as pessoas que quisessem adquirir um aparelho teriam condições de assistir algo.

Isso ocorreu por conta da aprovação das transmissões no Brasil, através da insistência de Assis Chateaubriand.

Naquele mesmo ano seriam cedidas as primeiras concessões do Governo para o surgimento das emissoras de TV. Algo fundamental para a distribuição de conteúdo e consequentemente o interesse pelos aparelhos.

Foi neste momento que novamente Assis Chateaubriand foi personagem importante. Isso porque na virada dos anos 40 e 50 ele passou a investir no setor e em 1950 fundou a TV Tupi, na cidade de São Paulo. Era a primeira emissora brasileira de televisão.

Porém, como não bastava apenas produzir, era necessário ter quem consumisse, Chateaubriand investiu também na importação de diversos aparelhos de TV dos Estados Unidos.

Depois disso, em 18 de setembro de 1950, foi inaugurada a TV Tupi, que passou a transmitir programas ao vivo. Por ter que competir com o rádio, que era extremamente popular, as transmissões se resumiam a faixa das 17h às 22h inicialmente.

Somente a partir de 1951 que a televisão passava a se popularizar pelo país. Muito disso devido ao estimulo de Chateaubriand na fabricação de receptores e nas campanhas para aumentar as vendas.

Só que o custo ainda muito elevado para a maioria das famílias brasileiras. Tanto que naquele ano só existiam cerca de 7 mil televisores no Brasil, com a grande maioria se resumindo as casas no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Ainda assim nos anos seguintes muitas outras emissoras foram criadas, como os casos da Excelsior, Globo, Record e Bandeirantes.

 Veja também: Como espelhar iPhone na TV