Avançar para o conteúdo

Para que serve a cerveja?

Para que serve a cerveja

Benefícios da Cerveja

A cerveja é uma das bebidas preferidas dos brasileiros. Seja qual for o momento, a temperatura ou o local pode ter certeza que verá alguém consumindo. Porém, para que serve a cerveja?

O que é a cerveja?

A cerveja é uma das bebidas mais vendidas em todo o Mundo e é considerada também uma das primeiras bebidas alcoólicas feitas pelo ser humano. Trata-se de uma bebida produzida com a fermentação de cereais, especialmente a cevada.

Consumo de cerveja no Brasil

A cerveja é tão tradicional no Brasil que entra ano e sai ano e o volume consumido segue elevado. Prova disso é que em 2021 mesmo com carnaval e diversos festivais cancelados ainda assim o país viu as vendas da bebida disparar.

Somente em 2021 foram comprados 14,3 bilhões de litros de cerveja no Brasil. Um aumento de 7,7% no comparativo com 2020 e 13,2% a mais que em 2019, o último ano com todos os eventos ocorrendo normalmente.

Isso acontece porque a maioria dos brasileiros utiliza essa bebida nas principais atividades de socialização. Fora o Carnaval, shows, a cerveja também é extremamente procurada quando o assunto é futebol, praia, churrasco, encontro com os amigos e tantas outras coisas.

Os motivos para que serve a cerveja

Além de toda a questão de sociabilidade que falamos acima existem sim pontos positivos comprovados cientificamente a respeito da cerveja. Tem desde o combate a gripe até benefícios para o colesterol e a prevenção do Alzheimer. Portanto, confira abaixo a lista com as pesquisas que apontam as qualidades para que serve a cerveja.

Atua no combate a gripe

É comum o pensamento de que a cerveja enfraquece o sistema imunológico das pessoas. No entanto, um estudo japonês mostra exatamente o oposto.

O texto foi publicado na revista científica Medical Molecular Morphology apresentando o que de fato foi descoberto.

Segundo a publicação, os cientistas dizem que o lúpulo na bebida tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que pode inibir o crescimento do vírus respiratório e também ajudar a prevenir a pneumonia.

Portanto, uma excelente ajuda neste combate a gripe.

Fortalece o sistema imunológico

Acima você já viu que a cerveja não é um inimigo do sistema imunológico. Só que um novo estudo publicado pela revista científica Annals of Nutrition and Metabolism mostrou que a bebida é na verdade um importante aliado.

De acordo com a pesquisa, o consumo, desde que de forma moderada, traz muitos benefícios para o sistema imunológico. A cerveja inclusive faz com que o organismo fique mais resistente a certas infecções. Ainda segundo o texto, as pesquisas produzidas mostraram que depois de um mês com um consumo de duas latas de cerveja por dia pelos homens e uma por parte das mulheres o resultado é muito positivo.

Isso porque a cerveja nestas quantidades faz com que a concentração de células de defesas aumente, produzindo mais anticorpos.

Ajuda contra o cálculo renal

É comum ouvir que a cerveja faz bem por ser diurético. Isso acaba gerando um eterno debate sobre para que serve a cerveja se faz com que se evite o cálculo renal ou não.

Só que uma resposta para isso veio através de uma publicação no Clinical Journal of American Society of Nephrology. Neste estudo foi feito um acompanhamento de 194 mil pessoas durante oito anos e aqueles que tinham o hábito de consumir uma lata de cerveja por dia apresentaram um risco 41% menor de ter pedras nos rins dos que as pessoas que não tinham esse costume.

Controle do colesterol

A cerveja também ajuda a controlar o colesterol das pessoas. Neste caso o destaque especial é para as cervejas pretas. Isso porque esta conta com uma grama de fibra solúvel nas garrafas. Isso causa redução dos níveis de colesterol LDL. Isso consequentemente reduz também o risco de doenças cardiovasculares. As pesquisas referentes ao tema foram publicadas recentemente pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e na Universidade Autônoma de Barcelona, na Espanha.

Prevenção contra doenças cardiovasculares

Já o estudo publicado na revista científica The Lancet apontou que as pessoas com hábitos de beber regularmente têm taxas de vitamina B6 mais altas. O aumento é de cerca de 30% em comparação com os que não bebem cerveja. Resultado similar também apontado para quem bebe vinho.

Esta vitamina B6 é importante por eliminar a homocisteína, que é uma substância que em excesso contribui para o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Previne para o desenvolvimento de Alzheimer

Outra prevenção adquirida com a cerveja é contra o Alzheimer. Neste caso o estudo foi feito por cientistas da Universidade de Loyola, nos Estados Unidos. Na verdade, a descoberta veio após a revisão de 34 estudos que justamente ligavam o consumo de álcool a problemas cognitivos. Somando todos dava um total de 365 mil voluntários verificados.

E a conclusão com isso foi que a cerveja, desde que com consumo moderado, trazia um risco 23% menor de desenvolver o Alzheimer ou outras doenças similares, em comparação com as pessoas que não bebem.

Trata a insônia e outros problemas do sono

Já uma das ajudas para que serve a cerveja muitos certamente já devem desconfiar. Só que um estudo veio para confirmar isso também.

Foi da University of Extremadura, da Espanha que confirmou que a cerveja tem um efeito sedativo. Isso ajuda as pessoas que tenham problemas com insônia ou outro distúrbio do sono. Isso acontece porquê o lúpulo aumenta a atividade do neurotransmissor GABA. Consequentemente diminui a ação do sistema nervoso, o tranquilizando para o sono.

Ossos mais fortes

Há também um estudo de Londres, da Kings College, que apontou que a cerveja ajuda na saúde dos ossos e do tecido conjuntivo. Isso ocorre porquê o silício, que está na bebida, melhora a densidade óssea.  Um outro estudo, da Universidade da Califórnia apontou que este ganho é mais visível em cervejas tipo ales e lagers. Nas demais as taxas de silício são reduzidas.

Atenção sempre

Apesar de todos os benefícios para que serve a cerveja citados lembre-se sempre de beber com moderação e responsabilidade. Caso tenha bebido não dirija.

Veja também:
Como Conservar Alimentos: 40 dicas! Evite desperdício
50 Benefícios do Bicarbonato de Sódio