Avançar para o conteúdo

O que é BTV?

O que é BTV

A tecnologia avança e causa muitas transformações na forma de assistir filmes, séries e outras produções. Por isso é importante conhecer todas as opções. Neste artigo você vai saber o que é btv e como isso pode facilitar a sua vida.

O que é BTV?

Conhecido como BTV ou TV Box é um aparelho que transforma qualquer televisão em uma SmartTV. Ou seja, permite que você acesse aplicativos das mais variadas plataformas de streaming.

Isso porque algumas televisões, especialmente as mais antigas, não têm acesso à rede. Com o BTV conectado na TV passa a ser possível entrar na Netflix, Youtube, Disney e todos esses serviços que você já viu nas SmarTV ou computadores.

É excelente, portanto, para quem quer assistir um filme em um desses serviços, mas não quer gastar dinheiro tendo que comprar uma nova televisão.

Afinal, agora que você entendeu o que é BTV na prática, vale saber que é um aparelho bem barato, chegando a ser comprado até mesmo por menos de R$ 150. Embora, os principais sejam vendidos por valores maiores.

Como funciona a BTV?

Para saber o que é BTV é preciso entender melhor como funciona. Trata-se de um aparelho pequeno, similar ao modem da internet ou de TV a cabo. Este TV Box tem conexão com a Internet, tal qual um celular, computador ou vídeo game.

Este aparelho conta com um fio HDMI, que se conecta na televisão, fazendo a passagem de som e imagem. Para isso basta se conectar a um Wi-Fi.

Com tudo conectado, Internet e televisão, o TV Box conta com uma interface em que você pode navegar. Lá você encontra uma loja, idêntica ao que está acostumado no Smartphone.

Dentro desta loja é possível fazer o download de todos os aplicativos que desejar, como Netflix, HBO Max, Disney Plus, entre outros. Porém, alguns destes já vem previamente instalados.

Em seguida é só fazer login e assistir seu filme, ouvir a música ou aproveitar qualquer outro serviço.

BTV e IPTV são a mesma coisa?

Não. Embora tenham surgido em um período próximo, trata-se de duas coisas bem diferentes. O BTV é algo totalmente legal, pois trata-se de um aparelho que permite baixar aplicativos e assistir e usar como já faz em SmarTVs e consoles.

Já o IPTV é uma tecnologia que transmite canais de televisão pela internet. Neste caso existe a forma legal, que é a feita por meio de distribuição da emissora com um aplicativo ou site. Porém, circulam também na internet modelos piratas, que chegam a oferecer diferentes canais.

Como escolher o TV Box

Agora que você já sabe o que é BTV, confira quais critérios você deve avaliar antes de comprar um para a sua casa e ter a melhor experiência.

Marcas famosas

Um dos critérios mais importantes na hora de escolher é buscar por marcas conhecidas. Isso aumenta a chance de qualidade do produto, afinal, a empresa não cederia o nome a algo que dê tantos problemas e comprometa a opinião para outros serviços.

Além disso, as principais marcas costumam oferecer os mesmos sistemas operacionais, suporte e garantia que oferecem em outros serviços, como de telefonia e internet.

Já marca menores podem contar com sistemas diferentes, de menor custo, mas que sejam mais complicados de utilizar.

Selo da Anatel

Algo que também garante uma maior confiança é o selo da Agência Nacional de Telecomunicações. Isso porque a empresa é responsável por testar e homologar todos os eletrônicos à venda no Brasil.

Claro que mesmo com o selo você pode encontrar ainda alguns BTV que não sejam tão bons, porém, caso não tenha o selo, a chance de ser algo inferior e bem problemático é bem maior. Podendo até mesmo oferecer algum risco.

Especificações

Outro detalhe muito importante a ser analisado são as especificações técnicas. Trata-se de algo fundamental em qualquer produto de tecnologia e está descrito já na embalagem ou nos detalhes no link de venda online.

É neste campo que você vai ver resolução, processador, armazenamento entre outras coisas, que detalhamos na sequência.

 

Quais as configurações observar no TV BOX?

Mais do que saber o que é BTV, você precisa saber avaliar o que é um bom equipamento. Afinal, ninguém quer gastar dinheiro com algo que dê dor de cabeça.

Por isso, abaixo você confere algumas das configurações que são fundamentais para você analisar e comprar aquele que melhor vai te atender.

Memória

O primeiro ponto a analisar é a memória RAM. Trata-se de algo que algumas pessoas não compreendem bem, mas isso tem um impacto grande no seu uso.

Isso porque de forma simplificada, é a capacidade de rodar algum aplicativo sem travamentos e nem queda de sistema.

E é preciso observar bem a memória da TV box porquê é exatamente um fator que acaba influenciando muito no preço. As mais baratas normalmente contam com capacidade de 1 GB, que podem não te atender muito bem.

Na outra ponta, você encontra aparelhos já com 16 GB, o que garante que terá um ótimo funcionamento não só para agora, mas também para futuras atualizações de aplicativos.

Só que você não precisa disso tudo. Será muito bem atendido com pelo menos 4 GB de RAM.

Processador

Algo que também impacta no rendimento do aparelho é o Processador. Este basicamente é a capacidade do sistema de funcionar.

Caso seja um processador fraco você pode ter dificuldade de desempenho e também de sobrecarga.

Com isso, é preferível que você busque por aparelhos que contem com o Qualcomm e MediaTek.

 

Armazenamento

Por fim você deve analisar também o armazenamento. Algo que você já entende por também ser importante em smartphones, tablets e computadores.

Isso porque hoje em dia existem diversos aplicativos, de streaming e outros serviços. Portanto, tem que contar com um aparelho que conte com uma grande capacidade para ter todos os aplicativos, para não precisar ficar excluindo e baixando toda hora.

Atualmente já tem aparelhos de até 256 GB, porém, este caso é bem particular e depende de quantos aplicativos você pretende ter na sua TV box.

 

 Veja também: Qual foi o primeiro smartphone?