Dicas de Melhores

Qual a melhor geladeira e a melhor marca de geladeira?

melhor geladeira

Melhores geladeiras disponíveis no mercado

Ter uma geladeira de excelência hoje em dia não é nenhum luxo. Esse é um dos eletrodomésticos mais indispensáveis na vida de todas as famílias, visto que permite a conservação de alimentos e de bebidas. Mas qual a melhor geladeira do mercado? Qual a melhor marca de geladeira atualmente? Se você está atrás desse produto, confira neste artigo todas as dicas para adquirir uma geladeira perfeita!

Econômica
Eletrolux Refrigerador RE31
Nossa Avaliação:
Melhor Custo Benefício
Consul Frost Free Bem Estar
Nossa Avaliação:

 

8 Melhores geladeiras que você pode comprar

São dezenas de modelos e de marcas diferentes de geladeiras que você pode comprar. Por isso resolvemos separar apenas as melhores das melhores, de modo a facilitar sua compra. Confira!

 

Pensando em lhe proporcionar a melhor experiência como cliente, a fabricante desenvolveu um dos melhores refrigeradores em termos de Frost Free. É, além disso, super espaçoso, com muitas prateleiras e compartimentos para você se organizar em seu dia a dia.

Essa geladeira conta ainda com uma belíssima tecnologia conhecida como Blue Touch, que nada mais é do que o controle externo de temperatura. Isso evita que você fique abrindo e fechando o tempo todo as portas da geladeira sem necessidade.

Ela é feita toda em inox e em plástico, com uma capacidade total de 382L. Consome cerca de 51 kWh. Tem prateleiras na porta, além de porta-latas para quatro unidades. As prateleiras ou são de vidro temperado ou são de plástico, sendo essas últimas retráteis.

 

Ela conta com um freezer superior que tem capacidade de até 80L, embora no total esse refrigerador possua 352L de capacidade de armazenamento. Assim como sua concorrente acima, ela possui um controle externo da temperatura, de forma a prevenir que os alimentos estraguem ou mesmo que o produto gaste mais energia do que deve.

Esse modelo é ótimo para armazenar os mais diversos alimentos. Há porta-latas, espaço para congelar mais rápido, fruteira e prateleiras de vidro temperado. Uma de suas grandes inovações é ser feita em Evox, que são duas camadas poderosas de inox, protegendo-a da natural corrosão provocada pela umidade e pelo ar. Por falar em umidade, ela possui, ainda, um controlador de umidade interno.

Em termos de consumo de energia, é superior à Electrolux acima, já que gasta 46 kWh. Também é uma das geladeiras mais fáceis de limpar.

 

Ela destaca-se inicialmente por ter um compartimento chamado de Horta em Casa. Nele você armazena verduras e folhas ainda úmidas, para que sejam conservadas fresquinhas e com o sabor original por muito mais tempo.

Outro diferencial da Bem-estar é a sua capacidade total, de 437L, além de ter um congelador com amplo espaço e com muita potência. Tanto o freezer quanto os demais compartimentos desse produto possuem um filtro que elimina todos os odores e cheiros incômodos.

Há, ainda, porta-latas e um espaço dedicado ao armazenamento de frutas. Conta também com uma gaveta extra para gelo, porta-ovos, separador de garrafas e controle de temperatura de cinco níveis. Essa geladeira consome 56 kWh, apesar de ter iluminação em LED, para que haja menor gasto de energia.

 

 

Assim como o outro modelo dessa fabricante presente na lista até agora, também tem a tecnologia Blue Touch. É o controle externo de temperatura, que inibe a necessidade de abrir a porta da geladeira ou do freezer e reduz gastos com energia.

Há uma gaveta para verduras, hortaliças e frutas, que auxilia a manter esses alimentos frescos por mais tempo. A prateleira do freezer é retrátil, podendo ficar em até três posições. Há um porta-ovos para uma dúzia, prateleiras de vidro, duas formas de gelo suspensas e uma capacidade de armazenamento de 380L. O consumo de energia, por sua vez, fica em 51 kWh.

 

 

A Inverse Ice Maker é um dos modelos de ponta da Brastemp. Conta com o freezer na parte inferior, além de ter duas portas side by side em cima, sendo, portanto, um modelo híbrido. Esse produto conta com uma capacidade total de 540L, um número bastante acima do comum.

Ela não possui nenhuma espécie de divisão vertical, lhe permitindo guardar travessas e pratos de pequeno a grande porte. Há, ainda, inúmeros compartimentos e prateleiras, tanto no congelador quanto no refrigerador.

Quanto ao Ice Maker, essa geladeira da Brastemp produz o equivalente a 12 bandejas de gelo rapidamente. Não é preciso ficar enchendo bandejas, o que torna tudo muito mais prático! Para isso, basta colocar água no reservatório quando receber o aviso de que o gelo está acabando. Aperte o botão correspondente para produzir até 1,2 quilos de cubos em questão de minutos.

Essa geladeira ainda tem funcionalidades de controle externo de temperatura, assim como há a possibilidade de gelar mais rápido bebidas ou sobremesas. O consumo, por óbvio, é maior do que os de outros modelos, rondando pelos 72 kWh.

 

 

O preço da RE31 se traduz em economia tanto na compra do produto em si quanto na conta de luz ao final do mês. O consumo é em média de 24 kWh. Tem uma capacidade líquida de 240 litros totais, sendo muito indicado para famílias pequenas ou para solteiros.

Ela tem prateleiras na porta, além de prateleiras removíveis e de iluminação interna. Há porta-ovos, porta-latas, controle interno de temperatura e tudo que uma geladeira simples, mas eficiente deve ter.

Todos estes acessórios podem ser lavados com mais praticidade em uma máquina de lavar-louça.

 

E se a sua cozinha é pequena ou falta espaço, essa é a melhor geladeira barata para você! Além de ter um precinho muito em conta, ela cabe em praticamente qualquer espaço. Mesmo assim oferece 300L de capacidade total.

Com essa geladeira, você tem mais liberdade na sua cozinha sem precisar sacrificar os grandes almoços de família. Nela cabem muitos alimentos ainda que seja mais compacta que as demais. Outra vantagem desse refrigerador é o compartimento extra-frio, que permite preservar laticínios com mais facilidade.

 

Todo preto, esse refrigerador possui ainda tecnologia Econavi, que garante até 10% de economia de energia através do monitoramento do uso e adaptação à rotina da casa. Ou seja, se você quer economizar eletricidade essa é a geladeira ideal. O seu consumo é de aproximadamente 39,9 kWh por mês.

O seu sistema inteligente regula o compressor de acordo com a temperatura e a quantidade de comida armazenada. Além disso, a porta em vidro tem painel Easy Touch, que acende ao ser tocado e facilita o monitoramento da sua geladeira.

Outra vantagem do refrigerador Panasonic é que ele controla os níveis de umidade dentro do aparelho, evitando que suas frutas e verduras mofem. Isso garante que os seus alimentos fiquem mais bem preservados e evita o consumo de produtos estragados. O sistema Vitamin Power da geladeira potencializa os alimentos através de luzes LED especiais, fazendo com que eles se mantenham nutritivos por mais tempo.

O eletrodoméstico ainda acompanha uma prateleira retrátil, três prateleiras em vidro temperado, três gavetas no refrigerador, quatro prateleiras na porta do refrigerador e um freezer com três gavetas.

Quais os principais modelos de refrigerador?

qual a melhor marca de geladeira atualmente

A escolha da melhor geladeira ou do melhor refrigerador para você passa por conhecer quais os tipos desse eletrodoméstico existentes à venda. Isso é mesmo muito importante, pois as categorias nas quais se encaixam as geladeiras influenciam no preço final da compra.

Cada modelo dos tipos listados abaixo possuem suas próprias características. É essencial saber quais são elas, a fim de que você se questione se as especificações do tipo em questão condizem com as suas necessidades. Como esses objetos costumam ser caros, é preciso ter em mente se questões como a capacidade total, a potência e o tipo de degelo estão de acordo com o que procura.

Confira a seguir minuciosas explicações a respeito dos modelos de geladeira.

Refrigerador de uma porta

A melhor geladeira para cozinhas pequenas e para quem não quer gastar muito é uma com apenas uma porta. Aliás, esse é o tipo de refrigerador mais vendido no Brasil, sendo considerado um modelo bastante popular.

O espaço reduzido nessa geladeira torna-a perfeita para famílias pequenas ou para quem mora sozinho. Uma vez que o freezer é embutido junto ao eletrodoméstico, tendo um espaço bastante reduzido, não é ideal para quem queira congelar ou armazenar grandes quantidades de carnes ou de outros alimentos.

Em termos de custo-benefício, é interessante para quem está montando sua casa e sua família e para quem não precisa de muito espaço. O problema é que ela acaba sendo limitada por seu espaço interno reduzido e por não ter a tecnologia Frost Free.

Geladeira duplex

A geladeira duplex tem cada vez mais ganhando espaço e popularidade entre as famílias. Como o nome sugere, há duas portas, sendo uma para o refrigerador e outra para o freezer. Ela é “tradicional”, pois os congelados ficam na parte de cima, enquanto o restante dos alimentos e bebidas fica na para de baixo.

Por óbvio, ela é mais cara que o primeiro modelo, mas a diferença não é assim tão grande. Se o seu desejo é ter um modelo desses, não se preocupe que há uma marca melhor do que a outra. Há modelos de inox, coloridas, brancas, metalizadas, grandes ou pequenas.

Um de seus maiores poréns acaba sendo um dos poréns apresentados pelo tipo de uma porta só: a ausência de Frost Free. Você acha modelos com essa tecnologia, mas costumam apresentar um preço um pouco superior em relação àqueles que não tem esse modo de degelo.

Refrigerador inverse

Os modelos inverse também apresentam duas portas, contudo são mais práticos que um tipo duplex. Isso se explica porque o freezer fica na parte inferior. Como normalmente você não abre tanto o congelador em relação à porta da geladeira em si, facilita pegar os alimentos e bebidas que mais consome no dia a dia.

Há pesquisas que apontam que é melhor que os congelados fiquem na parte de baixo. O ar gelado desce em vez de subir, portanto os alimentos no freezer de um tipo inverse ficam melhor armazenados, principalmente as carnes.

Um pequeno contratempo está relacionado às crianças que já pegam coisas na geladeira sozinhas. Como os alimentos mais cotidianos estão em prateleiras mais altas, elas podem acabar se machucando na tentativa de alcançá-los. Por isso é bom prestar bastante atenção nisso.

Geladeira side by side

Quem tem uma cozinha ampla, grande e espaçosa, certamente vai desejar uma side by side. Ela tem duas portas, que se abrem para os lados e revelam um congelador extremamente espaçoso, assim como uma geladeira com várias prateleiras e compartimentos.

Quem gosta de fazer comida para a semana inteira e congelar, vai amar a side by side. Essa é a melhor geladeira para os churrasqueiros, por exemplo, que congelam picanhas, vazios, maminhas e outras carnes para os churrascos do mês inteiro.

A desvantagem é o preço, que é consideravelmente superior aos tipos anteriores de refrigeradores. Outra questão negativa é que você precisa ter uma cozinha mesmo ampla se quiser adquirir uma side by side. É preciso, portanto, ter um bom poder aquisitivo, além de planejar seus espaços.

Refrigerador french door

Dizem que tudo que é bom vem da França. Perfumes franceses, beijo francês, french fries, as famosas batatas fritas. Fato é que essa é uma das melhores geladeiras do mercado, sendo a mais moderna que você pode encontrar disponível em qualquer loja do Brasil.

Ela tem três portas, para começo de conversa. Na parte inferior está o congelador, o que faz da french door um tipo de inverse também. As duas portas superiores dão boa capacidade de armazenamento, permitindo que você se abasteça com uma grande quantidade de alimentos, de bebidas e de demais mantimentos.

Ela chama a atenção por seu design inovador e muito bonito. Você encontra esse tipo de geladeira em variados estilos, cores e tamanhos, sendo que alguns possuem água ou gelo nas portas, o que é bastante prático. Nem é preciso dizer que toda french door é Frost Free.

O único ponto ruim dela é que é mesmo muito mais cara do que os modelos anteriores. Se você pretende adquiri-la, portanto, faça um planejamento e uma boa pesquisa de preços para reduzir os custos!

Qual o tipo de degelo que a melhor geladeira deve ter?

degelo manual da geladeira

Além dos diferentes modelos de geladeira, você ainda precisa pensar nos tipos de degelo que elas apresentam. Pode parecer que se preocupar com isso é perda de tempo, mas acredite que não é.

Você certamente se lembra de como eram as geladeiras antigas, em que era preciso descongelar de vez em quando para não haver problemas. Os refrigeradores atuais não sofrem desse problema, é claro, mas há alguns têm uma durabilidade menor dependendo da tecnologia de degelo que possuem. Veja abaixo, portanto, quais são essas tecnologias antes de efetuar sua compra.

Frost Free

As Frost Free são sem dúvida as melhores. Elas são livres de gelo, como diz o nome, o que evita graves problemas de mau funcionamento conforme o uso. Como se sabe, o gelo eventualmente acaba se acumulando em todo o eletrodoméstico se não for removido. E é aí que reside o grande benefício de ter uma Frost Free, visto que evitam que o gelo acumule.

Modelos como Electrolux DF42X Frost Free, Frost Free Brastemp BRM39EB Duplex Clean e até mesmo uma Frost Free Consul estão entre os melhores exemplos refrigeradores com essa tecnologia. Todos esses, assim como os demais com esse tipo de degelo, custam mais caro e consomem mais energia.

Cycle defrost

O Cycle defrost não é tão bom quanto o Frost Free, mas há fatores positivos em ter geladeiras com esse tipo de degelo. Primeiro porque consome bem menos energia, o que acaba por reduzir sua conta de luz e também o preço final de compra do produto.

Há quem não se importe muito com essa vantagem e que julgue uma Cycle defrost ruim por ter que fazer um descongelamento manual duas vezes por ano. Infelizmente esses modelos apenas retardam o acúmulo de gelo no eletrodoméstico. Ter esse trabalho fica a seu critério em troca de pagar menos pelo produto.

Degelo manual

O pesadelo de todos certamente é o degelo manual. Modelos com essa tecnologia costumam estar entre os mais baratos, o que acaba sendo uma de suas únicas vantagens. Sempre que o gelo acumulado chegar a um centímetro de espessura é preciso desligar o eletrodoméstico da tomada, retirar todos os alimentos e bebidas de dentro e esperar que ele derreta por completo.

O problema de deixar que o gelo se acumule mais do que um centímetro de espessura é arriscar perder a geladeira. Esse processo de acúmulo pode danificar o produto rapidamente, fazendo com que você perca todos os seus alimentos armazenados de uma hora para outra.

Uma alternativa tão barata quanto o degelo manual é o degelo semiautomático. A única diferença é que você não precisa desligar o aparelho da tomada enquanto ele descongela.

Degelo seco

Por fim, o degelo seco é uma espécie de degelo semiautomático. A diferença é que toda água proveniente do descongelamento vai para um compartimento localizado na parte lateral ou na parte traseira do eletrodoméstico. Desse recipiente, a água evapora sem que você precise interferir, o que acaba por não molhar sua cozinha ou mesmo os alimentos.

Atenção: jamais faça o degelo da geladeira com secador de cabelo. Os risco de choque e danos ao aparelho são altíssimos. Siga sempre as orientações e restrições dos manuais dos respectivos eletrodomésticos.

 

 

 

Crédito das imagens: Freepik, Lojas Americanas, Shoptime, Submarino