Avançar para o conteúdo

Conheça seu provedor de acesso à internet

seu provedor de acesso à internet

Para que serve o provedor de internet?

A Internet está presente em muitas casas dos brasileiros. Só que algumas informações ainda são um mistério para a população, que não sabe como funciona.

Por isso, confira aqui tudo sobre o seu provedor de acesso à internet.

O que é um provedor de internet?

O primeiro passo é preciso compreender que você tem um provedor de internet. Isso é indispensável para você se conectar a rede e usar todos os serviços.

O provedor de internet entra exatamente como um intermediador entre o seu dispositivo, seja um smartphone ou computador, com a rede.

Isso é feito por empresas especializadas, que você certamente já ouviu falar, como empresa de banda larga ou empresa de internet fibra, por exemplo. Um desses com certeza é o seu provedor de acesso à internet.

Uma realidade bem diferente do que era quem viveu nos anos 90 ou começo dos anos 2000, que ocorria através de uma internet discada. Uma conexão bem mais lenta, mas que também era feita por provedores.

Hoje este mercado está cada vez maior e conta desde grandes marcas, até menores, que funcionam mais regionalizadas, com uma cobertura mais local.

Os provedores de Internet no Brasil

No começo da história os provedores de internet eram dominadas principalmente por IG, UOL, Terra e até mesmo AOL e OI, quando as pessoas estavam iniciando a vida nas redes.

Depois o acesso passou a ocorrer principalmente através de operadoras de telefonia, que também passavam a investir no setor de internet. Por isso os grandes nomes são especialmente Claro, Tim, Vivo e Oi.

No entanto, especialmente com o desenvolvimento da Internet Fibra muitas outras empresas locais passaram a ganhar espaço.

Diferença de provedor e servidor de internet

Uma confusão que muitas das vezes pode ocorrer é de as pessoas trocarem provedor por servidor de internet. Porém, são questões totalmente diferentes e com objetivos bem distintos.

O seu provedor de acesso à internet, como informamos é uma empresa que oferece a conexão com a rede. Com isso o único dispositivo físico é o modem, que recebe os dados do provedor e leva até ao seu computador, smartphone, vídeo game entre outros.

Já o servidor de internet é um dispositivo físico, que é instalado em computadores. A função é monitorar e controlar o acesso e as informações da rede em um determinado local, como empresas. Com isso, não serve para ligar a internet, e sim para garantir segurança e também para armazenar arquivos.

Provedores tem controle do que você faz na Internet?

Se você tem dúvida se o seu provedor de acesso à internet consegue visualizar tudo o que você faz na rede vamos te explicar detalhadamente como isso funciona.

A primeira questão importante é que o provedor não tem e nem deveria registrar as suas atividades. Isso não faz parte da função da empresa e caso fizesse teria que pedir a sua autorização.

A única condição do seu provedor de acesso à internet armazenar todas as atividades na rede é se ocorrer uma decisão judicial, que exija o monitoramento por conta de alguma investigação.

Caso este cenário não ocorra e você perceba que está sendo monitorado de alguma forma pelo seu provedor pode entrar com um processo.

Como provedores não visualizam o meu uso?

Pode parecer estranho para quem não está habituado com a rede, mas o provedor de acesso não consegue visualizar exatamente a página que você está acessando. A imagem não é projetado para o outro lado e sim apenas para o seu computador ou smartphone.

Portanto, a única coisa que o provedor terá de informação é o endereço digitado, como www.365dicas.com. Isso acontece pelo rastreamento do seu IP, que é um código existente para todas as conexões.

No entanto, como já explicado anteriormente, o provedor não pode registrar essas atividades e muito menos usa-la em benefício deles sem que isso tenha sido solicitado a você.

Roteador armazena o histórico?

Uma parte fundamental do servidor de internet é o roteador. Como mostramos este é o aparelho que permite que você faça a conexão. Caso o mesmo não esteja ligado, mesmo que você tenha um serviço de internet contratado não vai conseguir acessar a rede.

E se você estiver em dúvida sobre as funções do roteador, saiba que o mesmo também não tem a função de armazenar as informações que você acessa na internet. Além de inclusive também não terem autorização para isso.

Quem tem acesso ao histórico?

Já que nem o provedor e nem o servidor têm acesso ao que você faz na Internet. Fica o questionamento sobre o que realmente vigia as suas atividades na rede. Afinal, certamente você já identificou que ao falar ou pesquisar sobre algo, em seguida diversos anúncios referentes a isso começam a aparecer para você em diversos locais.

No entanto, isso não ocorre por conta do provedor. Este rastreamento do seu comportamento está mais ligado aos aplicativos e sites que você frequenta. Um dos grandes responsáveis por isso é o google. A principal página de pesquisas normalmente está ligada a diversas empresas, que depois passam a te oferecer serviços durante a sua navegação. Isso acontece também em redes sociais, como facebook e instagram. Porém, nesses casos, é feito um pedido ao usuário para que ele concorde com o compartilhamento dos seus dados. Sem aprovar, você não tem acesso ao serviço.

Como esconder o histórico da Internet para o provedor?

Apesar do provedor não armazenar os dados da sua navegação na Internet, com exceção do que falamos, é possível esconder totalmente o que você está fazendo na rede. Inclusive de outros serviços e aplicativos, que monitoram seu histórico.

Para isso têm três medidas que são utilizadas de forma comum, especialmente para quem trabalha com ciências da computação. Dessas estão ajustar o DNS, instalar o HTTPS Everywhere e também contratar uma VPN. Porém, para utilizar esses recursos é melhor buscar ajuda com pessoas especializadas no setor. Principalmente como explicamos, não há porquê se preocupar com o seu provedor de acesso à internet.

 

Veja também: Principais serviços de armazenamento em nuvem