Guia Prático

Como Limpar Sofá: 8 Dicas Fáceis e Rápidas

como limpar sofá

Aprenda como limpar sofá e deixe o seu como novo!

Se você está pesquisando por aí como limpar sofá é porque o seu está sujo ou sofreu alguma tragédia. Não se desespere, pois aqui você encontrará diversas maneiras de se livrar da sujeira, das manchas e de qualquer tipo de substância que possa atingir seu móvel.

Sofá é aquele móvel que é sempre um problema na hora da limpeza. Isso porque existem inúmeros tipos de tecidos e muitos deles são delicados e suscetíveis aos produtos ou métodos de limpeza. Antes que você saia por aí arrancando o tecido do seu sofá, se liga na informação abaixo!

8 Dicas fáceis e rápidas para limpar sofá

Assim como limpar vidros, limpar sofás e peças de tecido exige um pouco mais de destreza. Apesar de que muita gente comete o erro comum de achar que basta uma aspirada aqui ou lá e está pronto. Mas a verdade é que essa limpeza vai variar conforme o tecido do seu móvel.

Então antes de mais nada, aprenda a identificar o tecido do seu sofá. Verifique se ele veio com alguma etiqueta, pois elas contêm informações sobre os tipos de lavagem e produtos que podem ser aplicados no móvel.

Geralmente a etiqueta contém símbolos que podem lhe parecer impossíveis de decifrar. E antes que você corra para o Google, saiba o que eles significam. O P é um símbolo de lavagem normal a seco, quer dizer que você pode aplicar panos umedecidos, aspirador e até lavar peças removíveis na máquina. Já a letra F serve para indicar que a limpeza a seco profissional deve ser efetuada por um profissional.

O símbolo em forma de W significa processo normal de limpeza envolvendo água especificamente. É a forma mais comum e utilizada de limpeza. Com este elemento você sabe que pode utilizar água e produtos específicos, como detergente ou bicarbonato. E a letra O é para alertar você de que deve lavar somente em água fria.

Se você não sabe, não achou etiqueta ou não lembra, não se desespere. Há outras formas de reconhecer o tecido. Vamos às dicas, nelas você vai conhecer tudo sobre limpeza de sofá!

1. Reconhecendo o tecido (e a sujeira)

Como falamos, existem várias maneiras de saber com que tecido estamos lidando. A maioria dos sofás é de sarja, camurça ou couro. Dentro dessas opções, há algumas variações, como o veludo, que é similar à camurça, e o couro falso, que deve ser tratado de forma similar ao couro.

Existem ainda tecidos que tem tratamento para ficarem à prova d’água, são aqueles que quando você derrama algo o líquido escorre e não é absorvido. Estes devem ser sempre lavados a seco, para não remover o tratamento. E há os tecidos específicos para evitar ataques de animais de estimação, que também precisam de mais atenção na hora da faxina.

Mas de forma geral, verifique se o tecido tem vincos, se é liso e tenha cuidado com a cor. Sofás escuros podem ficar com partes mais claras, assim como sofás brancos tendem a amarelar com o tempo. Se você não sabe como limpar sofá de tecido, veja como é simples. Separamos abaixo o produto para cada tecido:

Camurça

Talvez o mais polêmico dos tecidos. Muita gente se pergunta como limpar sofá de camurça e já entra em pânico sem nem ler direito as recomendações. A camurça, o nobuck e o veludo são tecidos delicados, porém laváveis.

Para sofás com estes tecidos o melhor é apostar em um pano de algodão umedecido com água. Passe em todo o sofá respeitando o direcionamento do tecido. Se houver muita sujeira ou manchas, dilua um pouco de sabão neutro na água e umedeça o pano com essa solução.

Você pode comprar uma escova própria para o tecido, que deve ser aplicada no móvel uma vez por semana. Virou suco ou refrigerante? Seque imediatamente! Não deixe o tecido absorver os líquidos. Assim que remover o excesso, faça o procedimento acima mencionado.

Couro

como limpar sofá de couro

Quer como limpar sofá de couro? Couro, courino e couro falso também podem ser limpos com pano macio, água e sabão neutro. Contudo é importante lembrar que você deve secar bem o seu sofá, especialmente se mora em regiões úmidas. Se você não secá-lo, poderá lidar com uma situação de mofo nos próximos meses.

Outro fator importante com relação ao couro é o tratamento que o tecido deve levar para não ressecar e rachar. Após a limpeza e a secagem, aplique uma camada de silicone líquido ou vaselina com uma flanela. Isso fará com que o tecido também fique protegido de acidentes.

Linho e sarja

Os tecidos como linha e sarja podem ser limpos com vinagre e água. Mas atenção! Cuidado com a cor do seu sofá. Se ele for de uma cor muito vibrante, prefira sabão neutro.

Para fazer a mistura, junte um litro de água morna e quatro colheres de sopa de vinagre branco. Use um vinagre de boa qualidade e prefira um específico para limpeza. Utilize um pano macio para aplicar a mistura no sofá e esfregue devagar.

Você pode fazer isso pelo menos uma vez ao mês.

2. Removendo manchas e encardidos

Se a questão é como limpar sofá de tecido muito sujo aí já é outro procedimento. Quem tem criança pequena em casa sabe o quanto é difícil remover certas manchas e sujeiras do sofá. Se o tecido está apenas encardido, você pode tentar um dos procedimentos acima, conforme o tipo do seu móvel.

Caso isso não funcione, veja como remover cada tipo de sujeira:

Mancha de café

tirar mancha de café do sofá

Quem nunca virou um cafezinho no sofá que atire a primeira pedra. Quando isso acontecer, a sua ação tem que ser imediata. Pare tudo o que estiver fazendo e cubra o local com papel-toalha. O papel absorverá o excesso do líquido. Isso vale também para refrigerante, sucos e vinho.

Coloque o papel sempre nas bordas e depois vá indo para o centro. Assim você evita que o líquido se alastre. Quando você controlar a situação e remover o excesso, retire o papel e aplique água tônica ou com gás no local manchado. As bolhas vão trazer o resto da sujeira incrustada à superfície.

Forre novamente com papel-toalha. Vá repetindo o processo até que toda a mancha seja totalmente removida. Em seguida basta limpar normalmente com água e sabão neutro.

Chiclete e goma de mascar

Só quem é pai ou mãe já se deparou com este tipo de situação. Chiclete no sofá, todavia, não é a pior das sujeiras. E removê-lo é mais fácil do que você pensa. Para tirar a goma basta aplicar um cubo de gelo em cima do locar afetado, independentemente do tipo de tecido.

Use um pano ou uma toalha para proteger suas mãos e esfregue o cubo de gelo diretamente no chiclete. Isso vai fazer com que ele se solte. Use uma espátula, pode ser uma faca sem ponta, por exemplo, para levantar as pontas do chiclete e removê-lo por completo.

Depois disso, basta aplicar um pano com água e sabão apenas para remover qualquer fragmento que tenha ficado para trás.

Mancha de caneta

Já falamos aqui sobre como remover mancha de caneta de diversos tipos de tecido. Se a mancha for muito escura, misture um pouco de água com bicarbonato de sódio até formar uma pasta e aplique no local. Deixe secar e depois aspire.

Em sofás de couro ou courino, aplique um pouco de álcool em um pano macio e esfregue apenas o local manchado. Logo em seguida aplique vaselina, para não ressecar o tecido. Em tecidos como linho, lave com uma esponja macia e um pouco de água e sabão. Se não funcionar, adicione uma colher de sopa de vinagre branco na mistura.

Se o tecido do sofá é lavável em máquina e removível, lave-o na sua máquina de lavar conforme as indicações da etiqueta.

Batom e maquiagem

Não é raro a gente esquecer que está maquiada e esfregar o rosto em uma peça de roupa ou até no sofá. Se isso acontecer, é só derramar um pouco de álcool no lugar e secar o excesso com um pano limpo e macio.

Atenção, não esfregue, apenas pressione o pano no tecido. Repita a operação quantas vezes for necessário.

Mancha de gordura

Gordura é uma das piores manchas de se tirar. No entanto, se a mancha for recente, é possível se livrar dela. Você vai precisar de talco de bebê, papel-toalha, uma escovinha macia e um pano úmido em água morna.

Primeiro, coloque o papel-toalha diretamente sobre a mancha para que absorva o excesso. Depois aplique o talco de bebê no local e deixe agir por pelo menos cinco minutos. Aí então esfregue com a escovinha, sem fazer muita força. Quando estiver satisfeita, finalize com o pano úmido em água morna.

3. Adeus pelos

como tirar pelos do sofá

Cachorro e gato podem ser os maiores inimigos do sofá limpo, infelizmente. Para remover pelos, a melhor forma não é usar o aspirador. O aparelho empurra os pelos ainda mais para dentro do tecido e só faz parecer que o problema está resolvido.

Para realmente tirar os pelos, calce uma luva de borracha limpa e umedeça-a em água. Passe a mão pelo sofá todo nas direções do tecido. O pelo ficará grudado na luva. Repita o processo até remover todo o pelo do seu bichinho.

Existem luvas especializadas para fazer isso também, em petshops e lojas de animais de estimação. Entretanto sai bem mais em conta usar luvas de borracha que você pode adquirir em qualquer farmácia ou supermercado.

4. Quando usar o aspirador?

O aspirador nem sempre é necessário e ele pode até causar mais sujeira. Muita gente pensa que é a única forma como limpar sofá de tecido encardido. E a verdade é que pode ser que o seu aspirador esteja deixando o tecido mais encardido.

Se o seu móvel é de cor clara observe o que acontece assim que você encosta a boca do aspirador nele. Ficou um trilho escuro? Então você precisa limpar seu aspirador antes de usá-lo no sofá. Esse é um erro bastante frequente que as pessoas cometem.

Assim que o aspirador estiver propriamente limpo para ser aplicado no sofá, verifique se é o momento certo. O ideal é fazer isso depois de remover os pelos dos animais de estimação e antes de aplicar qualquer tipo de limpeza que envolva água.

Passe o eletrodoméstico com suavidade e nunca utilize o nível máximo para não arrancar a costura ou botões. Preocupe-se com os vincos e as dobras, que é onde costuma acumular mais sujeira, migalhas e pó.

Como limpar sofá a seco?

Alguns tecidos só podem ser lavados a seco. Isso significa que você precisa saber como lavar sofá a seco e isso envolve o aspirador. A limpeza a seco é feita da seguinte forma: você polvilha o tecido com bicarbonato de sódio, deixa agir uns minutos e aspira tudo um pouco depois.

Outra forma de limpeza a seco, mais apropriados para sofás com tecido de microfibra ou poliéster é ainda mais simples. Aplique álcool sobre toda a superfície  do móvel e use uma escova de cerdas macias para esfregá-lo. De preferência, faça isso parte por parte, pois o álcool evapora muito rápido.

Ambos os métodos são bactericidas, porém a melhor lavagem a seco é a que é feita por profissionais especializados. Existem diversas empresas que oferecem este serviço à domicílio. Estas empresas usam produtos específicos e que não estragam nem desgastam o tecido.

5. Não use sabão em pó

produtos para limpar sofá

Falamos muito neste artigo em sabão neutro. Opte sempre pelo detergente de pia líquido. Tem quem pense que o sabão em pó é apropriado para a limpeza a seco. Isso é uma grande mentira que pode custar um sofá a você.

O sabão em pó é oleoso e fica colado no tecido, principalmente se o tempo estiver úmido. Portanto nada de jogar sabão em pó no sofá! O bicarbonato de sódio, que é o mais adequado para a lavagem a seco e outros tipos de limpeza, tem uma textura diferente e pode ser aplicado em quase todos os tipos de tecido.

Se você só tiver sabão em pó neutro em casa, dilua-o primeiro em água morna. Somente depois você poderá usá-lo na limpeza do seu sofá.

Quais produtos posso usar no meu sofá?

É só pensar em limpar sofá e já tem gente que correr para o supermercado e compra mil produtos. O sofá é um móvel frágil e que deve ser limpo com os produtos mais neutros possíveis. Ou seja, nada de aplicar cloro, água sanitária, desengordurante ou outros produtos abrasivos.

O cloro amarela e mancha os tecidos. Com o tempo, mesmo que o seu sofá seja branco ou bege, ele vai amarelar. Tecidos de couro racham por causa desses produtos, principalmente se não forem hidratados como devem.

Na hora da limpeza do sofá, separe apenas o álcool, a água, o bicarbonato de sódio e o vinagre branco. Em alguma exceções, que já falamos, vale a pena usar gelo e água com gás. Salvo estas situações, evite todo e qualquer outro produto a não ser que ele seja indicado por um profissional ou específico para determinado tecido.

O mesmo vale para os panos e escovas. Nada de esponjas e escovas duras que possam causar fricção no tecido. Com o tempo a região vai ficar desgastada e careca. Procure escovas apropriadas para cada tecido e sempre tenha uma escova coringa em casa, daquelas mais macias.

6. Mantenha uma frequência

Um bom jeito de evitar procedimentos mais complexos no seu sofá é fazer a limpeza com frequência. Aquela passadinha de pano pode ser semanal, por exemplo. Assim você evita que se acumulem elementos, como pó, pelos e gordura.

Quem tem bichinho de estimação pode sentir a necessidade de fazer a remoção dos pelos mais frequentemente ou até diariamente. Programe-se para isso, pois evitar o acúmulo já é meio caminho andado.

Limpar o sofá com frequência traz ainda outras vantagens, como evitar problemas respiratórios e outras doenças causadas por ácaros. Aspirar e passar um pano com vinagre ou álcool elimina microorganismos, tornando a sua casa muito mais segura.

Você pode organizar um calendário semanal e fazer uma limpeza mais pesada uma vez por mês. Planeje-se para que essa limpeza caia num dia de sol e você possa arejar bem a sua casa a fim de secar o seu sofá.

E limpe sempre que você sujar. Derramou algo, manchou ou grudou sujeira, tome as medidas necessárias imediatamente. Isso evita que os líquidos e pelos penetrem no tecido se tornando impossíveis de remover.

7. O cheiro faz parte da limpeza

como tirar odores do sofá

Pois é, tem quem se esqueça disso, mas um sofá com cheiro ruim não é um sofá! Limpar o sofá também inclui deixá-lo cheirosinho. Há muitas formas de fazer isso. A melhor é apostar em um borrifador com perfume específico para tecidos.

Isso é ótimo para tirar cheiros fortes como comida, cigarro, urina de animais de estimação e mofo. Você pode comprar um desodorizante de sofá ou pode fazer um na sua casa usando óleos essenciais. Use um borrifador de 300 mililitros e coloque dois terços de água, uma colher de sopa de álcool e dez gotas da essência da sua preferência.

Essências de lavanda, pinho e erva-cidreira também ajudam a acalmar você e podem ser ótimos elementos da fitoterapia. Citronela, canela e cravo afastam insetos como moscas e mosquitos. Você pode também substituir o óleo essencial na receita por uma colher de sopa do seu amaciante favorito.

Vaporeto, vaporizador e máquinas de vapor

Nos anos 1990 eles se popularizaram no Brasil. O vaporeto ou as máquinas de vapor funcionam de maneira parecida com o aspirador. Contudo eles liberam vapor diretamente nos tecidos, matando bactérias, higienizando e ajudando a amolecer sujeiras e manchas mais difíceis.

Este tipo de equipamento pode ser uma excelente ideia na limpeza de sofás, carpetes, cortinas e demais tecidos da casa. Você pode comprar um vaporizador e higienizador por menos de 200 reais nas Lojas Americanas. Eles são baratos e extremamente úteis na limpeza doméstica.

A vantagem do vaporizador é em tecidos de algodão. Para quem tem sofá de couro, courino ou couro falso não é boa ideia. Em tecidos como linho, algodão, camurça e veludo ele pode ser aplicado. Muitos destes aparelhos tem regulagem específica por tipo de tecido, o que facilita e muito o seu dia a dia.

Além disso, o vaporizador é ótimo para remover odores, principalmente de urina de animais de estimação. Se o seu cão ou gato curte fazer xixi no lugar errado esta é a dica para você! E mais, você pode colocar óleo essenciais e outros perfumes no vaporizador, para deixar tudo cheirando a flores.

8. Não esqueça das partes que não são de tecido

como limpar sofá com metal e madeira

Alguns sofás e poltronas possuem braços em madeira. Não adianta nada fazer uma super limpeza do tecido se você se esquecer da madeira pelo caminho. Essas peças também requerem atenção e produtos especiais.

Você pode usar pano úmido com vinagre branco para remover o grosso da sujeira. Depois aplique óleo de amêndoas ou finaliza com uma cera específica para a madeira, tomando cuidado para não aplicar perto do tecido.

O mesmo vale para sofás com braços em metal. Limpe com um pano umedecido com álcool e apenas deixe secar bem. Se houver ferrugem, esfregue com uma pasta de bicarbonato de sódio e água. Nestes casos é sempre bom forrar a parte de tecido com plástico para evitar manchas.

Se a ferrugem estiver também no tecido, aplique a pasta de bicarbonato lá também e deixe agir um pouco. Depois esfregue com uma escova macia. E certifique-se que o móvel secou bem antes de colocá-lo novamente para uso.

Os botões e outros acessórios que o seu sofá possa ter também devem ser lavados e limpos de forma adequada. Tudo que possa ser removido, neste sentido, poderá ser limpo isoladamente, facilitando o processo.

Como limpar sofá e mantê-lo limpo?

É a dúvida que não quer calar. O sofá é um dos principais locais da casa. Ele é acolhedor e serve aos mais diversos propósitos: ver televisão, namorar, ler um livro, estudar, comer, entre outras atividades. Nesses múltiplos cenários é normal que ele vá sujando e desgastando com o tempo.

Todavia é possível sim fazer um sofá durar por períodos mais longos. E é possível fazer isso de forma que ele esteja sempre limpo e com bom aspecto. O melhor jeito de cuidar do seu sofá e mantê-lo maravilhoso é fazer a prevenção.

Estabeleça regras com os seus filhos, como nada de sapatos no sofá e manter copos e bebidas à distância. Isso não só previne desastres como ensina aos pequenos alguns limites. Mantenha o seu sofá longe das janelas e da luz solar. O sol queima o tecido ao longo do tempo e deixa manchas irreparáveis.

Outra boa dica para manter o sofá limpo é cobri-lo. Ainda mais se você tem filhos e animais. Você pode optar por mantas e até mesmo braçadeiras. As braçadeiras estão na moda e algumas delas têm até encaixe para copos, evitando que sua família pouse o copo diretamente no tecido (de novo, quem nunca?).

A maioria destes acessórios é em material resistente à água, o que torna-os perfeitos para proteger seu sofá. As mantas evitam o acúmulo de pó, pelos e até mesmo microorganismos que trazemos na roupa quando andamos fora de casa.

Pequenos detalhes

como cuidar do sofá

No fundo, são os pequenos detalhes que contam. Você pode proteger o móvel com diversas coisas. Investir em produtos específicos que afastem seu bichinho pode ser uma boa ideia, caso ele tenha o hábito de urinar no local.

Do contrário, não é preciso utilizar esse tipo de artifício. Com as crianças muita coisa se resolve na conversa, até porque o sofá é para ser curtido e funciona como espaço de convívio.

Mesmo assim, evitar lanchar e comer em cima dele dá a você uma vantagem crucial na limpeza do dia a dia. Não fume perto do sofá se você quiser que ele fique cheiroso e nada de cozinhar com a porta da cozinha aberta. A gordura dos alimentos fica no ar e depois vai se estabelecendo no tecido. Ao fim de um tempo, o seu sofá ficará todo grudento.

E se você não quer que o seu gato afie as unhas no sofá, compre um arranhador. O animal precisa de um local para surtir as suas necessidades. Muitos veterinários explicam que é possível sim educá-los, mas é preciso também paciência.

Vale a pena impermeabilizar?

Sim. Os serviços profissionais que fazem impermeabilização de móveis e estofados possuem uma variedade grande de opções para diferentes materiais. A impermeabilização faz com que o seu móvel fique menos suscetível a diversas agentes nocivos. Ela evita que o tecido absorva líquidos, por exemplo.

Com esse tipo de serviço fica muito mais fácil manter o seu sofá limpo ou até mesmo limpá-lo em caso de emergência. O serviço é altamente recomendado, principalmente a quem mora em regiões mais úmidas ou afetadas por maresia.

Mas é preciso ter atenção aos produtos utilizados. Muitos deles são inflamáveis e, por isso, é preciso ter cuidado depois, inclusive em como limpar sofá. Após a impermeabilização, pergunte ao profissional quais os procedimentos e cuidados que você deverá tomar no cotidiano.

O serviço é caro, porém vale a pena. Um sofá pequeno pode sair em média algo abaixo dos trezentos reais. Se você for comparar com o preço de um sofá novo, é um excelente preço. As empresas ainda dão garantia de alguns meses, o que torna o serviço ainda melhor.

Outra vantagem é que faz com que o tecido permaneça mais tempo com o seu brilho natural. O roçar das roupas e até mesmo a limpeza cosntante costumam ir removendo isso. Contudo a impermeabilização pode dar mais durabilidade ao tecido.

Spray impermeabilizante

É verdade que existem vários tipos de sprays impermeabilizantes. Sabe aqueles que você usa no seu sapato de camurça ou nobuck? Eles mesmos! Porém nem sempre é boa ideia utilizá-los. Primeiro porque eles são todos inflamáveis e você pode provocar um incêndio, já que é preciso uma boa quantidade para impermeabilizar um sofá.

Segundo porque estes sprays são tóxicos e em ambientes fechados podem provocar diversos males para a sua saúde. O uso destes produtos pode ser útil quando você tem um animal que sempre urina no mesmo local, por exemplo. A impermeabilização local fará com que o tecido não absorva os líquidos.

Quando trocar o tecido?

Passados alguns anos às vezes vale a pena trocar o tecido do estofado. Em comparação com o preço de um móvel novo, esta pode ser uma alternativa mais viável e até mesmo mais rápida. Muitas empresas oferecem esse serviço e restauram o seu sofá em pouco tempo.

É uma ótima ideia, ainda mais se você possui uma peça antiga ou de família e que tem apego emocional. Mandar trocar o tecido também lhe permite atualizar o móvel com opções mais contemporâneas ou dentro do seu estilo.

Tenha em mente as cores. Procure escolher cores que sejam fáceis de limpar e até mesmo de esconder manchas, como cinza e marrom. Tecidos estampados e floridos também podem ficar bacana. Na hora de restaurar o seu móvel você tem ainda a oportunidade de optar por tecidos com tratamentos antimofo, que repelem as unhas do seu gato, com impermeabilização ou que não absorvem odores.

As tecnologias neste sentido exploram várias opções que podem caber no seu bolso. Uma boa pesquisa antes de renovar pode ser essencial.

Não entre em paranoia!

E claro que é ótimo ter um sofá sempre lindo e cheiroso. Porém isso só é bom se você pode usufruir dele diariamente com seus amigos e sua família. Se você ficar neurótica demais com a limpeza, o seu sofá perderá o seu principal propósito.

Por isso, planeje-se e cuide do seu móvel, mas sem deixar de usá-lo. Aproveite seu sofá para ler bons livros, ver filmes novos, discutir teorias incríveis com seus amigos, brincar com seus filhos, afofar seu cachorro ou gato e namorar seu marido em uma tarde chuvosa. Os móveis podem facilmente ser substituidos ao longo da vida, pessoas e momentos não!

 

 

 

Crédito das imagens: Freepik e Unsplash