Guia Prático

Como Andar de Hoverboard Como Um Profissional?

como andar de hoverboard

Saiba como andar de hoverboard com equilíbrio

Engana-se quem pensa que andar em um hoverboard é impossível. Na verdade, assim como ocorre com outros tipos de veículos, como uma bicicleta ou um skateboard, é preciso treinamento. Por isso separamos neste artigo algumas dicas que compõem um guia completo sobre como andar de hoverboard com perfeição.

O que é preciso para andar de hoverboard?

boom desse “brinquedo” ocorreu em 2015, principalmente em países da América do Norte e da Europa. Inicialmente entendido como uma forma de “skate eletrônico”, utilizado para momentos lúdicos, em muito pouco tempo esse objeto se tornou uma forma de as pessoas se locomoverem por curtas e médias distâncias.

A utilização de um hoverboard como veículo de transporte exige um cuidado ainda maior em relação ao seu uso do que se ele fosse simplesmente usado para diversão. Usar esse aparelho em via pública demanda que você tenha atenção não só com o próprio corpo, mas com os dos pedestres que estão em sua volta.

Abaixo, portanto, separamos de início quais cuidados deve ter em termos de segurança. Uma das questões mais importantes se quer saber como andar de hoverboard é o que usar como equipamento de proteção. Afinal, ninguém está livre de sofrer uma queda.

1. Não deixe os equipamentos de proteção em casa

Certamente não é preciso explicar por que é obrigatório e imperativo utilizarmos capacete. Quem anda de bicicleta e pedala na via pública sem capacete, principalmente entre os carros, pode até levar uma multa. Ou pode acontecer algo muito pior e muito mais grave.

Se pensarmos que um skateboard ou um hoverboard oferece ainda menos equilíbrio e menos proteção do que uma bicicleta, o capacete se torna ainda mais indispensável nesses casos. Portanto adquira um objeto desses que seja resistente, confortável e que fixe bem em sua cabeça. Muitas vezes é ele que evita fraturas e até mesmo mortes.

Não deixe de utilizar, ainda, cotoveleiras, protetores de pulsos, joelheiras e até mesmo caneleiras e tornozeleiras quando for andar no seu hoverboard. Grande parte desses objetos andar a 8 ou a 10 quilômetros por hora, enquanto outros podem chegar a 15 ou mesmo a 20! Com essa velocidade, e com a questão do equilíbrio, as chances de haver acidentes é imensa.

2. Suba e se equilibre no hoverboard

como andar no hoverboard

Muitas vezes o que as pessoas querem em relação a como andar de hoverboard: passo a passo. Um passo a passo pode facilitar e com certeza facilita aqueles casos de iniciantes que têm receio de sofrerem uma queda. É como se você precisasse daquele “empurrãozinho” para ganhar confiança.

Pois bem! O primeiro passo é nada mais, nada menos do que subir no hoverboard e se equilibrar sobre ele. Sem equilíbrio não há como andar, e aí a diversão acaba. Porém não é para simplesmente subir no aparelho. Antes é necessário que ele esteja ligado, pois só assim o sistema de equilíbrio é acionado. Do contrário, você cai com certeza.

Acionado o aparelho, vamos subir nele. O procedimento é simples e pode ser comparado a subir os degraus de uma escada. O primeiro pé deve ser colocado de modo vertical, de maneira que você nivele o hoverboard. Em seguida, levante do chão o outro pé, com bastante calma, e fique completamente sobre o aparelho.

Para se estabilizar por completo no hoverboard, deslize os pés o máximo que conseguir em direção às suas pontas. É preciso manter estabilidade, sim, mas também conforto. É interessante que os joelhos fiquem ligeiramente flexionados para frente, como se andasse de patins.

A magia de um hoverboard está relacionado ao fato de que ele estabiliza o seu corpo quase que automaticamente. Usuários iniciantes, no entanto, podem encontrar alguma dificuldade em achar seu centro de gravidade. Uma dica aqui é tentar subir no aparelho encostado a uma parede ou mesmo se segurando em algo ou em alguém.

3. Indo para frente e indo para atrás

Ok, em termos de como andar de hoverboard, você já sabe o básico do básico: se equilibrar. Somente agora que você consegue isso é possível passarmos ao próximo passo. Caso não se sinta seguro, ainda assim, aconselhamos que repita o passo dois várias vezes até se sentir com confiança para avançar.

Adquirida a confiança, aprenderemos a andar para frente e para trás. Não é difícil, como você irá perceber, contudo há uma progressão a ser feita e que deve ser respeitada. E o primeiro estágio dessa progressão é aprender a inclinar o corpo para frente ligeiramente. Se inclinar de mais, perderá o centro de gravidade e irá tombar. Quando mais ir para frente, mais rápido o hoverboard acelerará.

O mesmo vale para o movimento reverso, que fará você desacelerar e depois andar de ré. Novamente é importante que dobre um pouco os seus joelhos, pois isso permite que se controle melhor o movimento. Certifique-se, ainda, de que não há obstáculos atrás de você.

4. Virando à esquerda e virando à direita

Virar o hoverboard para a esquerda e para a direita é basicamente a mesma ideia de andar para frente e para trás. Tudo envolve a flexão correta dos joelhos, a pressão exercida no aparelho, feita pelos pés, e o controle do balanço e do equilíbrio de todo o corpo. Se você dominar tudo isso, não irá ter qualquer problema em mudar de direção e em fazer curvas.

Importante salientar que cada lado do hoverboard é independente do outro. Isso permite que você consiga mudar a direção do movimento rapidamente e com fluidez. Portanto, se quiser virar à esquerda, empurre o pé direito para a frente apenas; já se quiser virar à direita, empurre o pé esquerdo em direção frontal.

O ideal é sempre começar devagar e repetir várias vezes esses movimentos. Antes de começar a girar sobre o próprio eixo, opte por realizar mudanças de direção vagarosas. Se fizer movimentos bruscos, as chances de se desequilibrar são enormes.

5. Descendo do hoverboard

Não é só pular do aparelho e tudo bem. Não esqueça que a maioria dos produtos chega a pelo menos 10 quilômetros por hora. Portanto o primeiro de tudo a se fazer é parar o hoverboard por completo. Lembre-se: incline o corpo para trás para que ele freie e espere que não se mova mais.

Agora, por onde descer? Pela frente? Por trás? Pelos lados? O correto é descer por trás, do mesmo modo que subiu. Ou seja: primeiro tira um pé, depois o outro. Se tentar descer pela frente vai perceber que é muito mais difícil manter o equilíbrio. As chances de uma queda, portanto, são muitas.

Comprando o melhor hoverboard

Você pode ser um mestre do aparelho, contudo sua prática será dificultada se tiver um hoverboard de baixa qualidade. Por isso é que se diz que não basta saber como andar de hoverboard. É extremamente importante que você adquira um produto de excelência.

Os melhores hoverboards que você pode adquirir no Brasil têm bateria da Samsung. Ela praticamente monopolizou a fabricação das baterias desses produtos, o que tanto é bom quanto é mau. Bom porque a Samsung é uma empresa de confiança. Mau porque isso acaba ajudando a limitar as opções de hoverboards do mercado nacional.

Como a demanda tem crescido, mas a oferta não é assim tão variada, esse tipo de aparelho costuma ser caro. Então não se deixe levar pelo preço. É preciso fazer pesquisa de preço bastante profunda e criteriosa, além de, é claro, testar cada hoverboard que puder. Caso você não saiba ainda como andar no hoverboard, em termos de marca deve optar pela Samsung mesmo.

Quem tem melhores condições financeiras sempre pode também importar um produto. Salientamos que essa não é a escolha mais inteligente, principalmente porque marcas com fábricas fora do território nacional costumam complicar com a manutenção. Além de, é claro, esses produtos serem muito mais caros devido à carga tributária sobre eles.

De qualquer forma, há alguns fatores que deve prestar atenção na hora de comprar seu hoverboard:

  • Segurança oferecida pelo aparelho;
  • Garantia e assistência oferecida pela fabricante;
  • Resistência e durabilidade;
  • Duração e qualidade da bateria.

Vale a pena comprar um hoverboard?

vale a pena comprar hoverboard

Acima de tudo você precisa ter em mente que um hoverboard é um aparelho que lhe ajuda a se divertir. É muito semelhante a uma bicicleta infantil, quando ela está aprendendo a andar sozinha. Vale muito a pena comprar um hoverboard para os pequenos, portanto, se quiser lhes ajudar a aprender a se equilibrar. Nesse sentido, vale tanto quanto a bike ou quanto o skate.

Contudo essa é uma forma de a pessoa não se exercitar. Comparando novamente com a bicicleta e com o skateboard, você praticamente não exige do corpo. Com uma bike se pedala, com um skate se usa as pernas para pegar impulso e velocidade, assim como um patinete. Mas o hoverboard não permite isso. É pura e simplesmente para treinar equilíbrio e para locomoção.

Portanto a resposta a essa pergunta vai depender do seu gosto e do seu objetivo com um hoverboard. Acreditamos que como um objeto lúdico para crianças, jovens e adultos é super produtivo. Claro que a cabe a você pensar sobre a sua pertinência ou não e se vale investir um valor considerável na sua compra.

 

 

 

 

Crédito das imagens: Freepik